Como COMPRAR AÇÕES c/ Checklist MATADOR 🔴


Fala, meu querido! O momento é este, e você quer comprar ações! All right? Então, é o seguinte, vamos combinar aqui de pelo menos, não fazer nenhuma cagada, pode ser? Hoje, eu te prometo, você vai sair daqui com checklist de ações que você tem que tomar. Ações, ações… Para que você se sinta um pouco mais seguro com o investimento que você fez. Já, já, nós vamos para a tela do computador, eu vou te mostrar algumas ferramentas para você selecionar ali ações para estudar. Mas antes de fazer isso, eu queria só te lembrar de se inscrever aqui no nosso canal, para dar uma forcinha aí, mostrar para o Youtube que o nosso conteúdo é relevante, para que mais pessoas tenham acesso a uma informação de qualidade. Porque o que a gente vê por aí, muitas vezes, é lasqueira. Há poucos dias navegando, eu vi um cara selecionando ações em 5 minutinhos. O critério dele, no fim das contas, era que aquela ação era de um ramo em que ele queria ter alguma exposição, alguma coisa assim. Muito superficial, do meu ponto de vista. “E qual que é o critério correto, então, Eduardinho, para selecionar ações?” Olha, critério correto, esse que é certo e todos os demais estão errados, não existe. Teoricamente, qualquer ação que você adquirir na Bolsa, pelo fato de ela estar ali, sendo negociada no mercado, ela teria o mesmo retorno. Exatamente o mesmo retorno, no futuro. Porque se alguma ação, todo mundo soubesse que fosse render mais que outra, todo mundo compraria aquela ação e não a outra. Isso regularia os preços. Então, essa é a teoria do mercado perfeito. Só tem uma pequena falha entre a teoria e a prática. Não digo falha, mas um gap, que é a incerteza do futuro. Como o futuro é incerto, na prática, cada ação acaba tendo a sua rentabilidade diferente da outra, ok? E critérios, de análise técnica, de análise fundamentalista, existem os mais diversos. Eu já vi gente que compra ação que tem um ROI alto, mas, por outro lado, pode ter alguém que só compra ação com ROI baixo. ROI é o retorno sobre o investimento, se for ROI com i, ou sobre o patrimônio, se for o ROE com e, tá bom? Mas por que alguém escolheria uma ação que tem o retorno sobre o patrimônio baixo? Por pelo menos dois motivos. Primeiro pela diferença de preço, a ação de uma empresa que tem o retorno sobre o investimento muito alto, ela vai ser mais cara. Às vezes, muito, muito, muito mais cara que uma empresa que tem um ROI menor. Outro motivo é que a empresa que tem um ROI muito grande, ela atiça o desejo de outras pessoas de ingressarem naquele ramo. Agora, a empresa que está num ramo em que o retorno sobre o ativo é muito baixo, dificilmente, alguém vai se sentir tentado a concorrer com ela naquele ramo. Então, não existe critério perfeito. Olha o meu critério está correto, o seu critério está errado. Eu conheço, pelo menos, umas 30 estratégias diferentes, fundamentalistas, para investir em ações. Eu vou dar outro exemplo, aqui, de critério para selecionar ações. Por exemplo, pelo BETA. Aqui, de maneira bem resumida, ele representa o risco daquela ação. Quanto maior o BETA, maior o risco, maior a volatilidade daquela ação. Quanto menor o BETA, mais estável aquela ação. Então, uma estratégia muito comum, todo mundo no mercado conhece, é a de que quando o país está crescendo, quando a economia está boa, você compra ações que tenham o BETA alto. E, no momento em que chega uma crise, você pula para as ações de menor BETA. Então, você fica ali, maior BETA, menor BETA, maior BETA, menor BETA… E se você mantiver isso com consistência ao longo do tempo, você tem aí, uma outra estratégia de investimentos. Então, estratégias existem muitas. Hoje, eu vou falar de algo que não chega a ser uma estratégia, seria aí um checklist para você fazer uma seleção de ações. Para isso, eu vou usar algumas ferramentas, no meu computador, e você vai seguindo aqui comigo, passo a passo. O primeiro site onde você pode encontrar ideias de ações para adquirir, é o site da B3. Aqui, você encontra a lista das empresas por ordem alfabética, por setor de atuação. Essa é uma alternativa. A outra é o site do Fundamentos. Você pode selecionar tanto por indicadores fundamentalistas, quanto pelos segmentos também. Assim como no site da B3, ok? Além desses dois sites, há o site do Eduardo Cavalcanti, em que há, várias aqui, trezentas e dez empresas listadas. E também o site do Vicente Guimarães. São sites que possuem vários indicadores fundamentalistas e várias informações sobre as empresas. Os itens do checklist, eu posso mudar depois, acrescentar de acordo até com as dicas aqui nos comentários desse vídeo. Mas então a gente parte aqui agora de um cheklist básico, tá? O primeiro passo para mim representa aí uns 10% do que você tem que fazer para escolher uma ação. Esses 10% são, dá uma olhada no gráfico dessa ação. Aí você vai lá e traça aqueles indicadores técnicos mais conhecidos. Não precisa de descobrir a fundo os indicadores técnicos não. Dá ali uma olhada na linha de tendência de alta, linha de tendência de baixa, vê se aquela ação, naquele momento, tá bonita na fita. Porque esse primeiro momento, é um momento aí de apresentação. Conhecer uma ação é igual conhecer uma pessoa. Pode ser uma pessoa muito bonita, muito atraente, mas se naquele momento em que você conheceu, ela está ali suja, com mal odor e tá mal vestida, naquele momento, pelo menos, você vai sentir ali uma certa repulsa. O que é normal. Então, você pode decidir que, naquele momento, você não vai querer se relacionar com aquela ação. Ou você pode perceber que ali tem uma beleza escondida e aí você fala, “eu vou deixar aqui para dar uma olhada depois, nessa ação” Vamos ver o que que acontece, qualquer coisa eu volto a dar uma olhada nela, tá? Tem muita gente que para no primeiro passo, que representa aí 10%. Deu uma olhadinha aí no gráfico, viu os indicadores técnicos e compra ou não compra. E por que eu digo que isso aí representa só 10%? E não necessariamente os passos estão nessa ordem. Tem gente que faz só 10% do trabalho, mas com uma análise fundamentalista também. Tem gente que para aí e entra num relacionamento com a ação que é um relacionamento muito superficial. A chance dessa pessoa abandonar esse relacionamento depois é muito grande. Então, se você está pensando em comprar uma ação para o longuíssimo prazo se relacionar com ela por anos e talvez por décadas, é preciso que você conheça muito bem essa ação, antes de ingressar nesse relacionamento sério. Aquele a quem você dedica muito muito pouco tempo, você tem uma relação sempre muito mais superficial do que aquele a quem você dedicou muito tempo, ok? Então, você superou agora esses 10% do nosso checklist. Agora, você vai passar para o segundo passo, que seria dar uma olhada nos indicadores fundamentalistas. Você vai dar uma olhada no preço sobre o lucro, o preço sobre o valor patrimonial da ação. Todos aqueles indicadores básicos ali, dá uma olhadinha em todos eles, você vai ter uma noção daquela empresa. Além do Fundamentos, você vai encontrar informações no site da Reuters, só que em inglês. E também no site do Investing.com. E também nos dois sites nacionais que eu indiquei e que possuem um histórico maior. Mais importante do que ver, hoje, a situação da empresa, é ver um histórico de prazo razoável para ver se ela tem muita variação, se ela é muito cíclica, ou se ela é uma empresa mais constante. Tudo isso influencia. Não quer dizer que a empresa cíclica seja ruim, desde que você compre ação dela no momento em que ela está pouco valorizada, ok? Então, você mata essa segunda etapa, já conhece bem mais da empresa, e parabéns, você alcançou 50% do seu trabalho. “Pô, Eduardinho, mas todo mundo fala de análise técnica ou fundamentalista, ou já fiz as duas e eu ainda estou na metade do meu trabalho?” Isso mesmo! Se você quer mamão com açúcar, você veio ao canal errado. Eu estou te ensinando aqui a iniciar um relacioamento de longuíssimo prazo. Se você quer um relacionamento de Carnaval, fica só com a análise técnica, análise fundamentalista. Tá ótimo! O que que você vai fazer agora que você já está na metade do seu trabalho? Você vai fazer um levantamento mercadológico dessa empresa. E adivinha, não tem nenhum site que vai te dar essa informação mastigadinha. Ao contrário da análise fundamentalista e técnica. Você sabe qual que é a grande limitação da análise fundamentalista e da análise técnica? É que as duas se referem ao passado, não ao futuro. E você não vai comprar passado, você compra a ação sempre para o futuro. Então, que tipo de informação você vai buscar na 3ª fase? Primeiro, características que você pode encontrar nas próprias demonstrações financeiras da empresa. Um, análise financeira. Ela é uma empresa muito endividada ou pouco endividada. Se os juros da economia subirem, ela vai se dar bem ou vai se dar mal? “Ah, Eduardinho, tem empresa que se dá bem quando os juros sobem?” Sim. As seguradoras se dão bem quando os juros sobem. Porque elas vivem daquele dinheiro aplicado, do prêmio recebido. Ou com o dólar, aquela empresa tem muita dívida no exterior, ou muita receita no exterior? Como que o dólar vai impactar essa empresa? Um terceiro ponto em que o amador escorrega, é que ele fica ali na demonstração do resultado, olhando para o lucro. O profissional vai lá para a demonstração do fluxo de caixa e vê se aquela empresa gera caixa. Se aquela empresa precisa o tempo todo reinvestir aquele caixa para ter um acompanhamento das novas tecnologias. Então, tem empresas que gastam quase o caixa todo que geram, reinvestindo na própria atividade, só para mantê-la ali em funcionamento. Então, são empresas em que os donos não conseguem tirar um proveito ali, dinheiro daquela atividade. Outras empresas, que precisam reinvestir muito pouco, são as vacas leiteiras. E que mais você pergunta nessa terceira fase? Qual que é o plano de expansão da diretoria? O que que a diretoria está fazendo? Você compra esse plano dela, ou não? Você está de acordo com aquelas premissas daquele plano? O que que você sabe desse setor, o que que você espera desse setor para as mudanças que você está vendo aí na sociedade? As mudanças demográficas, as mudanças de padrão de consumo. Você pode pesquisar no site do Fundo Monetário Internacional quais são as perspectivas de crescimento para a América Latina, para o Brasil, especificamente. Você deve pesquisar as alterações de consumo da população. Isso é importante também, se você tiver querendo gerar uma renda extra, empreender. Você precisa saber quais são os novos hábitos que a sociedade está adquirindo, o que a sociedade está desejando, o que ela está passando a desejar e deixando de desejar. E para cada setor, você deve procurar também informações específicas daquele setor. Quais são as perspectivas no mercado internacional, no mercado nacional. O que que influencia aquele setor. Tudo isso, você vai ter que pesquisar. E não existe uma fonte única para encontrar essas informações. O que torna esse passo, o passo mais difícil, o mais exigente de todos. “Ou, se eu soubesse que dava tanto trabalho, eu não tinha nem começado isso aqui.” Pois é, mas aí você não vai investir em ações, ou vai ter que confiar no analista, ou confiar num gestor de um fundo. E se você confiar num gestor de um fundo, sem saber os motivos pelos quais você está investindo naquela empresa, sem ter toda essa convicção, que você vai ter se passar por esse processo que eu estou te falando, na primeira queda, caiu ali 10, 15%, você vai tirar o seu dinheiro. E é possível, se a decisão de investimento dele for consistente, logo depois ele subir 50%, e você ficar de fora. Então, é por isso que, quanto mais tempo você dedicar ao início desse relacionamento, mais você vai ter convicção para mantê-lo no longo prazo, a despeito de qualquer dificuldadezinha de curto prazo que você passe por ali. Se tem uma palavra para você ter sucesso na Bolsa, essa palavra é consistência, para ter o bom retorno que você espera, no longo prazo. Então, esse é um passo a passo, aqui, que você pode seguir para escolher as suas ações. Não é o único, não é a única maneira. Não é a maneira certa. Mas eu creio que já vai te ajudar, se você quer iniciar os seus relacionamentos com o pé direito. Compartilhe esse vídeo com alguém que você acha que pode ajudar, e baixe aqui o seu checklit, ou deixa sua dica aqui para a gente acrescentar ao nosso material. Valeu, boa sorte aí nos seus investimentos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *